17 março 2018

Exposição “Pee Parade” alerta para conscientização da Incontinência Urinária

                                                         Olá pessoal voltei!!

Ontem fui prestigiar a Exposição “Pee Parade” alerta para conscientização da Incontinência Urinária.
Campanha "Pause a Incontinência Urinária" começa no Dia Mundial da doença, 14 de março, e chama a atenção, por meio da arte, para tratamentos que permitem reverter a perda involuntária de urina que afeta principalmente as mulheres.

                                        Descrição: Foto 2

  No Dia Mundial da Incontinência Urinária, 14 de março, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) começa a segunda edição da campanha "Pause a Incontinência Urinária", versão Pee Parade, para alertar a população sobre essa doença que faz com que muitas pessoas “pausem a vida” por causa da urgência em ir ao banheiro. “Os tratamentos disponíveis atualmente abrangem todos os tipos de incontinência urinária e permitem reverter a doença”, afirma o Dr. Sebastião Westphal, diretor da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).



 Por outro lado, o desconhecimento dos sintomas da incontinência urinária, que muitas vezes são minimizados, é a principal barreira para a superação da doença. A incontinência urinária não é somente um problema físico, pois pode ter efeitos sobre o emocional e o psicológico, e restringir a vida profissional e social das pessoas.




            Embora a perda involuntária de urina atinja mulheres e homens de todas as idades, a incidência é maior entre o sexo feminino. No Brasil, 15% das mulheres a partir dos 35 anos de idade têm algum grau de perda urinária e 17% de toda a população possui bexiga hiperativa que se caracteriza por urgência e aumento da frequência em urinar. “Considerando que uma grande parte dessas mulheres faz parte da população economicamente ativa, estes números são alarmantes”, ressalta Westphal.

            De acordo com o diretor da SBU, especificamente no caso da bexiga hiperativa, que é o tipo de perda involuntária de urina mais comum, há novos medicamentos muito eficazes para o controle da vontade de urinar, além de outros tratamentos, tais como: estímulos elétricos com equipamentos de fisioterapia, uso de toxina botulínica e implantes de estimulares elétricos nas raízes nervosas da coluna.

            “Hoje, qualquer pessoa com incontinência urinária pode ter uma vida normal, sem passar constrangimentos e sem limitar as suas atividades profissionais e sociais”, conclui.

            RAIO-X DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA

            Causas: Genética, hormonal, envelhecimento, tabagismo, bexiga hiperativa, lesões medulares ou doenças do sistema nervoso. Muitas situações podem aumentar o risco de incontinência urinária, por exemplo: idade, gestações, tipo de partos (normais mais que cesáreas) e número de partos. Nas mulheres o problema tende a aumentar após a menopausa e nos homens acima de 50 anos a incidência também é maior, com o surgimento dos problemas de próstata. Doenças como diabetes, derrames (acidente vascular cerebral) e obesidade também se associam à maior incidência de incontinência urinária.

            Sintomas: A perda involuntária de urina não é normal em nenhuma idade. Ela é uma doença que pode ser controlada e deve ser tratada com o acompanhamento de um urologista.

            Tipos:
§  Incontinência urinária de esforço: é a perda de urina que ocorre ao tossir, espirrar, caminhar, correr e pular;
§  Incontinência urinária de urgência: é a perda de urina associada a um desejo súbito e urgente de urinar, que ocorre porque o indivíduo não consegue chegar ao banheiro a tempo. É o que ocorre na bexiga hiperativa;
§  Incontinência urinária mista: algumas pessoas têm sintomas que podem ser de dois tipos de incontinência urinária;
§  Incontinência urinária paradoxal: ocorre quando a bexiga está extremamente cheia e a há uma perda urinária por uma espécie de transbordamento.

O assunto é super importante, e muitos não sabe que tem a doença. No evento tivemos a participação da Mariana Ferrão, que com o Dr. esclareceu todas as dúvidas.



Faça como eu, compartilhe essas informações, você pode não ter esse problema, mais com certeza alguém bem próximo tem.

Então é isso pessoal, espero que tenham gostado, mais uma vez... BEIJOCAS E LOGO LOGO A PAULA TÁ DE VOLTA, TCHAUUUU !









14 comentários:

  1. Muito interessante esse tipo de exposição. Arrasou. Tudo bem explicadinho.Valeu. bjs

    ResponderExcluir
  2. Kkkk amei as privadas! E amei seu blog, bem colorido! Rosa, VC é linda! Tudo lindo! Parabéns! Bjo

    ResponderExcluir
  3. Bacana essa exposição, é bastante interessante, é um alerta importante pra quem sofre da doença, muito boa as informações, bjs.

    ResponderExcluir
  4. Essa exposição é muito importante para conscientização , super interessante!

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a iniciativa, pois a arte sempre chama atenção! Eu não conhecia esses números, sempre importante conhecer mais. ótimo post. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Muito legal a exposição. Um grande alerta com criatividade.

    ResponderExcluir
  7. Que exposição banaca, adoro eventos assim. Deve ter sido uma delicia ter participado.

    ResponderExcluir
  8. Que bacana essa exposição. Com certeza é um problema que aflinge muita gente!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Muito interessante a exposição, principalmente por ser uma doença que não é de conhecimento comum. Achei ótima a iniciativa.

    Beijos,

    www.degradeinvisivel.com.br

    ResponderExcluir
  10. Achei incrível o tema da exposição! Com certeza nunca vi algo assim. Achei muito importante

    ResponderExcluir
  11. Oi
    que show essa exposição viu arrasou demais,esse é um problema que deve ser mesmo discutido.

    ResponderExcluir
  12. Nossa que bacana a iniciativa da exposição! Amei os alertas , parabéns ! 💕

    ResponderExcluir
  13. Nossa isso é muito triste né ter esse problema é vem chato, ficou divertido essa exposição gostei

    ResponderExcluir

© Paula Franssinette - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tai Layouts.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo